Domingo, 23 Setembro 2018

Quelha nova dos Barrocos

Caros Amigos, endereço um especial cumprimento a todos, na esperança que este início de 2018 tenha estado dentro das vossas expetativas. Sei que não terá sido para todos. Pois estes últimos tempos têm sido de luto para muitas famílias, que viram desaparecer seus familiares e amigos.

De facto, Castelo do Neiva assistiu a um grande número de falecimentos, num curto período de tempo. A Junta de Freguesia associa-se ao luto de todas as famílias, desejando que tenham muita força para superar estes momentos.

No dia 12 de janeiro teve lugar no hotel FeelViana a cerimónia da assinatura de protocolos e acordos de colaboração com as Juntas de Freguesia. Estes protocolos dizem respeito à colaboração que a Junta de Freguesia presta à Câmara Municipal para manutenção dos espaços verdes, limpeza das vias camarárias e transporte escolar.

No dia 20 de janeiro estive presente na inauguração da exposição " Caminos - Com pan e vino ándase O Camino".

No mesmo dia marquei presença na comemoração dos 170 anos da elevação de Viana do Castelo a cidade por D. Maria II. Na cerimónia foram agraciadas 22 instituições, personalidades e empresas.

No dia 26 de Janeiro realizou-se a Gala do Desporto de Viana do Castelo 2018. Nesta Gala foram premiados alguns atletas de Castelo do Neiva. Parabéns a todos os agraciados.

No dia 23 de Janeiro realizou-se uma reunião na Câmara Municipal, no sentido de solicitar aos presidentes de junta ajuda na prestação de informação à população, relativamente à obrigatoriedade da limpeza das matas. Na Junta de Freguesia encontra-se um mapa onde estão assinalados os locais que obrigatoriamente terão de ser limpos.

Neste jornal é apresentado um mapa, onde estão representadas três manchas em Castelo do Neiva. A primeira mancha cobre a encosta do monte, numa faixa de 100m em relação às habitações e percorre o Lugar da Areia, Sendim de Cima e Lugar de Santiago. A segunda zona é a sul da Rua Santiago das Perlinhas, no início da Rua do Sol. A terceira mancha cobre a encosta norte do Monte do Castelo e prolonga-se até à ponte do Sebastião.

Os terrenos dentro destas manchas obrigatoriamente devem ser limpos até 30 de abril. As multas foram aumentadas para o dobro em relação ao ano passado. Ou seja, 280€ a 10.000€ para pessoas singulares e 1.600€ a 12.000€ para pessoas coletivas.

Lembro também que, para além do que foi informado no paragrafo anterior, os proprietários de terrenos junto a edifícios devem limpar os terrenos, numa fixa de 50m até 15 de março.

Outra área que, não estando assinalada no mapa, é obrigatório limpar são os terrenos confinantes com a Avenida Central, desde a rua Santiago das Perlinhas até ao restaurante Alcazar, numa faixa de 10m para cada lado da berma.

Chamo de novo atenção para a importância das datas referidas, porque, depois dos acontecimentos do ano passado, as autoridades irão fazer uma fiscalização rigorosa, sendo que as queixas recebidas deverão ter efeito no que diz respeito a multas.

A atitude das entidades parece ter mudado, por isso, quem estiver distraído, ou pensar que vai ser igual ao passado pode ter surpresas desagradáveis. Nos anos anteriores, as queixas que chegavam à junta de freguesia eram comunicadas aos proprietários, quando conhecidos, este ano a junta de freguesia informa que, as queixas, devem ser feitas diretamente à GNR, porque não há falta de informação disponível e a junta de freguesia não tem meios para procurar e avisar os proprietários em tão pouco tempo.

Através da Linha SOS Ambiente e Território: 808 200 520 ou do e-mail Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. podem contactar o Serviço da Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR e serão melhor aconselhados.

Importa perceber que, na zona a limpar, a copa (ramos) das árvores devem estar afastadas 5m dos edifícios (Atenção: não é o tronco da árvore) e 4m entre árvores. As árvores que permanecerem devem ser desramadas na metade inferior. Se a árvore tiver mais de 8m de altura pode-se desramar 4m a cima do solo.

O terreno deve ficar livre do material sobrante. Ou seja, não se pode cortar os ramos e deixá-los no terreno, pois assim o perigo mantém-se.

Como é sabido, atualmente as médicas da extensão de Saúde de Castelo do Neiva encontram-se de baixa médica. Ao que tudo indica, o regresso das médicas só se verificará no final do ano ou início de 2019. Antecipando esta situação, e contando que uma das médicas só estaria ausente a partir de abril, inteirei-me da situação na própria Extensão de Saúde. Entretanto, e infelizmente, também a médica que estava ao serviço teve de antecipar a baixa por motivos de saúde.

De imediato entrei em contacto com o Presidente da Câmara, para que junto dos responsáveis conseguir-mos médicos de substituição. Passadas estas semanas ainda não há desenvolvimentos. Entretanto, por iniciativa de uma Castelense, circulou um abaixo assinado pela freguesia, o qual esteve, também, disponível na Junta de Freguesia.

Esperamos que seja possível a colocação de médicos de substituição num curto espaço de tempo. Sabemos que não será fácil, pois é uma situação que se verifica também noutras freguesias. No entanto, vamos lutando e pressionando pois a Extensão de Saúde de Castelo do Neiva conta com cerca 3200 utentes, que atualmente têm de se deslocar a Darque para terem consulta.

Relativamente às obras da construção da rede de saneamento e abastecimento de água publica na freguesia posso informar que decorrem a bom ritmo. A junta de freguesia tem estado a ajudar em algumas situações para que nenhuma habitação fique sem ligação à rede. De facto, algumas quelhas não estavam contempladas no projeto. Mas, junto dos Serviços Municipalizados estamos a resolver caso a caso. A obra está prevista decorrer até setembro, mas tentamos que as ruas sejam pavimentadas conforme vai sendo instalada a tubagem, de forma a provocar o menor incómodo possível.

 

 

 

AVISOS

Pedimos a todos, em geral, que não coloquem nas bermas das ruas, dunas ou terrenos públicos todo o tipo de lixo, em especial os considerados monstros (sofás, frigoríficos, colchões, móveis, etc...) Podem ligar para o número 808 200 282, é grátis, porque a recolha é feita gratuitamente. Não devem colocar, também, material vegetal nos contentores, por exemplo: relva e ramos de árvores. Este comportamento está sujeito a multa.

Avisos

Água pública: - Se detetar ruturas nas condutas de abastecimento de água pública ligue para os serviços municipalizados através do número 258 806 900 ou para a Junta de Freguesia 258 028 256 identificando a rua e local da rutura.

Iluminação pública: - Se detetar avarias na iluminação pública ou lâmpadas fundidas ligue para o número das avarias da EDP 800 506 506, identifique o local. Se passados cinco dias a avaria persistir ligue para a Junta de Freguesia – 258 028 256 – identificando a rua e número de porta.

Taxas de sepulturas – Se ainda não efetuou o pagamento, do ano de 2017, da taxa anual de 10€ para sepulturas e 25€ para jazigos dirija-se à Junta de Freguesia para a liquidação das mesmas.

Ajude a manter a freguesia limpa: A Junta de Freguesia apela a todos os proprietários que confrontem com linhas de água que proceda à sua limpeza, pois é da responsabilidade dos mesmos a sua manutenção e limpeza.

Sendo Castelo do Neiva uma freguesia grande não é possível efetuar a limpeza das ruas em tempo útil pretendido. Apela-se, portanto, a todas a pessoas que queiram ter a gentileza de limpar as bermas e valetas junto às suas propriedade, que liguem para a Junta de Freguesia – 258 028 256 – e o material resultante será recolhido.