Domingo, 24 Outubro 2021

 

 

Horário da Secretaria (de 2ª a 6ª)

de abril a setembro: 13.30h às 19.30h

de outubro a março: 13.30h às 19.00h

[ver - datas de Reuniões Ordinárias 2020]

Pavimentação de parte da Rua do Prado, da Quelha do Prado e da Rua Campo do Meio

Os números apresentados diariamente pelo governo, referentes à pandemia, são animadores e tudo indica que no dia 3 de maio o estado de emergência não seja renovado. Apesar disso é minha opinião de que devemos continuar com todos os cuidados, enquanto que não seja atingida a imunidade de grupo, ou seja, só quando 70% das pessoas estiverem vacinadas.

Entretanto, a vacinação continua ao ritmo possível. A Junta de Freguesia, com o apoio da Câmara Municipal, continua a garantir o transporte das pessoas que não têm retaguarda familiar com disponibilidade para se deslocar à Meadela.

O recenseamento geral da população e o recenseamento geral da habitação, conhecido por “Censos 2021” tem decorrido com normalidade. Para apoio à população está instalado o e-balcão no centro cívico todos os dias das 17.00h às 19.00h.

Ainda no mês de março, no dia 30, tive uma reunião com técnicos da Câmara Municipal para trabalhar no plano das atividades económicas, que num futuro próximo vai permitir as empresas de Castelo do Neiva ter um local próprio para exercer a suas atividades.

No dia 31 de Março reuni, em Vila Franca, com os responsáveis pelo recenseamento em Castelo do Neiva.

No dia 9 de abril participei numa reunião, por vídeo conferência, da Comissão do Urbanismo da Assembleia Municipal de Viana do Castelo.

No dia 12 de Abril, estive na audiência e discussão e o julgamento pela ação de Processo comum interposta pelo confrontante do terreno comprado pela Junta de Freguesia. O confrontante António Martins da Balinha declara o direito de preferência, com a intenção de tomar posse do terreno, pelo valor pago pela junta de freguesia. Embora a sentença lhe tenha sido favorável, a Junta de Freguesia irá recorrer, pois considera que o interesse público se sobrepõe ao direito de preferência.

A compra do terreno teve como objetivo resolver a questão das águas pluviais da Quelha do Cardal e terminar com a divergência entre os vizinhos. Lembro que os vizinhos (onde estava incluído o confrontante do terreno da junta) tinham posições oposta quanto ao natural curso da água proveniente da quelha. Os do sul diziam que ia para Norte, os do Norte diziam que ia para Sul...

Para além deste terreno permitir ligar as águas pluviais à linha de água existente, na avenida da Praia, permite um acesso mais direto ao moradores da rua do Cardal. Permitirá no futuro a ligação do saneamento por gravidade à conduta que passa na avenida da praia. Permitirá no futuro o acesso de uma ambulância o carro de bombeiros à rua do Cardal, que de outra forma não é possível. Por isso, é fundamental que esta ligação.

O confrontante alegou que só em há pouco é que soube que a junta tinha comprado o terreno, pois tinha lhe sido dito que o terreno tenha sido doado... recordo que aqui neste jornal em setembro de 2017 escrevi “... com o apoio da Câmara Municipal adquiriu um terreno, que ligou a Quelha do Cardal à Avenida da Praia...”, esta informação também está no site da junta de freguesia e foi apresentada na reunião da Assembleia de dezembro de 2017.

Este ano a Junta de Freguesia de Castelo do Neiva organizou as comemorações do 25 de abril. Nestas comemorações houve espaço para homenagear os combatentes de Castelo do Neiva no Ultramar, com atribuição de nome da praça. A placa com o nome da “Praça dos Combatentes do Ultramar” foi colocada numa pirâmide de granito, com elementos representativos dos soldados de Castelo do Neiva, sendo que a estrela representa o soldado falecido nesta guerra. Antes desta cerimónia foi apresentado o livro "Memórias de Gerra - Como fazer História a partir de quem a viveu?" da autoria de Rodrigo Vaz, e que foi publicado pela Junta de Freguesia.

Nas comemorações estiveram presentes, para além de ex-combatentes, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, o Presidente da Assembleia de Freguesia, membros da Assembleia de Freguesia, o Presidente da Junta de S. Romão de Neiva, o Pároco da Freguesia, as associações de Castelo do Neiva e outros convidados. Por motivos de segurança não foi possível ter mais convidados e o evento realizou-se ao ar livre, em frente ao edifício do Centro Cívico, onde se localiza a Praça dos Combatentes do Ultramar.

Lembro que a atribuição do nome à praça foi sugestão de Manuel Alberto Couto numa das reuniões da Assembleia de Freguesia.

No dia 26 de abril estive presente na cerimónia da assinatura do protocolo entra a câmara de Viana do Castelo e a câmara municipal de Esposende para valorização do Rio Neiva.

Este projeto conta com um investimento de cerca de 700 mil euros consiste na naturalização dos percursos pedonais ao longo da área de intervenção, na limpeza e erradicação de plantas invasoras, na estabilização das margem do rio com recurso a técnicas de engenharia natural, na implementação de medidas que visem o usufruto sustentável dos espaços e no envolvimento da comunidade com a sensibilização e educação para a valorização do rio Neiva.

Este é o culminar das sessões de trabalho, iniciadas em 2018, entre as Juntas de Freguesia de Castelo do Neiva e Antas, e a Associação Rio Neiva (promotora destas sessões), sendo que da nossa margem tivemos o forte apoio do Vereador Ricardo Carvalhido da Câmara Municipal de Viana

Foi sem dúvida um dia muito feliz, pois vimos o nosso esforço recompensado. Não me recordo de alguma vez existir uma ação deste tipo no rio Neiva, pese embora a extrema necessidade deste tipo de intervenção. Mas como sabemos, nestas áreas só com a autorização da Agência Portuguesa do Ambiente e mediante um projeto com as características apresentadas.

 

Concluída a pavimentação do troço da rua do Reguinho entre a Rua Barrocos de Cima e a Rua da Junqueira

Depois de ter sido construída a rede de saneamento, foi concluída a pavimentação do troço da rua do Reguinho entre a Rua Barrocos de Cima e a Rua da Junqueira. Este troço tinha ficado de fora da última grande empreitada de construção de saneamento na zona de Junqueira, tendo mesmo ficado por ligar algumas habitações. Por sua vez, também o pavimento estava muito degradado. Assim, foi mais um daqueles “assuntos” que se conseguiu concretizar depois de muito trabalho junto das entidades.

 

Pavimentação de parte da Rua do Prado, da Quelha do Prado e da Rua Campo do Meio

 

A junta de freguesia levou a cabo a pavimentação de parte da Rua do Prado, da Quelha do Prado e da Rua Campo do Meio. Esta pavimentação é solicitada pelos moradores há mais de 10 anos. As ruas servem várias habitações e dois armazéns mas encontrava-se em terra batida. Todos os anos era alvo de intervenção para tapar os buracos, mas o pó no verão e a lama no inverno eram constantes.

Uma parte da travessa dos Pedrões a ser alargada graças a boa vontade dos proprietários da zona em causa. Como esta obra esta a ser realizada com fundos próprios da junta de freguesia. Mais tarde e com o apoio da câmara municipal será, com certeza, pavimentada e infraestruturada. Para já, fica o acesso mais fácil, onde um carro passava com muita dificuldade.

Por fim, relembro a obrigatoriedade da limpeza floresta até 15 de maio. Se tiverem dúvidas quanto à localização das áreas obrigatórias, dirija-se à Junta de Freguesia.

Mensagens Anteriores

PREVENÇÃO (COVID-19)

Cartaz - Recomendações Gerais COVID-19