Segunda, 6 Dezembro 2021

 

 

Horário da Secretaria (de 2ª a 6ª)

de abril a setembro: 13.30h às 19.30h

de outubro a março: 13.30h às 19.00h

[ver - datas de Reuniões Ordinárias 2020]

Pavimentação da Quelha Nova dos Barrocos terminada

Um ano depois de aparecerem os primeiros infetados em Portugal, encontramo-nos em estado de emergência pela 12ª vez. Nas últimas semanas, os números têm baixado significamente, com certeza fruto do confinamento e das medidas decretadas pelo governo. Também a vacinação avança. Não a um ritmo desejado, mas já são inúmeras as pessoas de Castelo do Neiva vacinadas. Aliás no dia 10 de fevereiro, as Juntas de Freguesia, a Câmara Municipal e a ULSAM reuniram no teatro Sá de Miranda no sentido de organizar a vacinação contra a Covid 19.

O centro de vacinação é na Meadela. Como devem entender, devido às características necessárias para manter as vacinas a uma temperatura baixa, não é possível que as vacinas sejam transportadas para vários locais.

O processo de vacinação tem decorrido com toda a normalidade. Os utentes com 80 ou mais anos, bem como de pessoas com mais de 50 anos com doenças associadas têm sido contactadas pela Ulsam, e quando surge alguma situação as Juntas de Freguesia, como entidades de proximidade, resolvem junto das pessoas.

Apesar de tudo isto, não podemos facilitar, e não estamos livres de uma 4ª vaga. Já sabemos que a Páscoa será, muito provavelmente, “sacrificada” em prol de um Verão mais aberto, que tanta falta faz economicamente ao país.

Castelo do Neiva passou por um mau bocado, ainda hoje há varias pessoas em vigilância ativa. Por isso, temos mesmo de continuar a resguardar-nos o mais possível, saindo de casa só quando necessário e cumprir sempre o distanciamento social e o uso da máscara.

O cemitério de Castelo do Neiva está encerrado desde o dia 15 de janeiro. Nessa altura, a média de casos por dia era de cerca de 8.823 novos infetados diários, números em sentido ascendente. No dia 3 de março, a média era de 863 casos diários no país, com os números em sentido descendente. No concelho de Viana do Castelo, no dia 15 de janeiro, verificavam-se 789 casos ativos. No dia 3 de março, os casos ativos foram de 126 infetados. Perante esta diminuição significativa dos números, a junta de Freguesia de Castelo do Neiva decidiu abrir o cemitério no dia 5 de março.

 

Pavimentação da Quelha Nova dos Barrocos terminada

Relativamente a trabalhos na freguesia, terminamos a pavimentação da Quelha Nova dos Barrocos. Esta via não estava contemplada na empreitada da construção da rede de saneamento na zona, a Junta de Freguesia assumiu perante os moradores a sua pavimentação.

Iniciamos agora a pavimentação da Rua da Segurelha, continuando com o plano de pavimentar o máximo de ruas que ainda estão em terra batida e servem habitações.

Estamos também a transformar o antigo estaleiro num parque de caravanas. Começamos com a intervenção no muro confinante com a rua, rebaixando-o e alargando a entrada.

Terminaram os trabalhos de proteção dunar realizados no âmbito do programa Polis Litoral. Esperemos sinceramente que resulte. No entanto, continuo a afirmar que a reabilitação do molhe é fundamental para o reforço da proteção.

No dia 1 de fevereiro participei, via Internet, numa reunião da Comissão de Urbanismo da Câmara Municipal. Nesta Comissão, da qual fui nomeado pelos presidentes de Junta independentes, abordou-se o Plano de Intervenção em Espaço Rural para Afife, Carreço e Areosa. Um Plano elaborado para um território rural, pioneiro em Portugal.

No dia 5 de fevereiro, a Junta de Freguesia levou a cabo uma operação de limpeza na ponte do Sebastião. Três árvores, de dimensão considerável, foram retiradas e assim foi também retirada a pressão sobre a estrutura da ponte, que há pouco foi reerguida. Foi um grande teste à estabilidade da mesma depois das obras de reconstrução. A premonição de muitos não se verificou. Afinal a ponte não caiu. Vão ter de esperar por outra cheia...

Como já referi, no dia 10 de fevereiro estive presente na reunião de preparação para a vacinação contra a covid 19.

 

Desobstrução de tubagens das águas pluviais

A Junta de Freguesia identificou alguns tubos que manifestavam problemas no escoamento das águas pluviais. Não conseguindo resolver com os próprios meios solicitou os serviços de uma empresa especializadas na desobstrução de tubagens. Foi acertada esta decisão, pois alguns dos problemas eram raízes dentro dos tubos.

No dia 24, os Presidentes de Juntas independentes reuniram com o Presidente da Câmara e o Vereador Luís Nobre, onde foram abordados os pontos a levar à reunião da Assembleia e outros assuntos da atualidade do município.

No dia 26 reuni com a delegada Municipal do Instituto Nacional de Estatística, para a preparação dos censos 2021. Informo e peço, desde já, a compreensão e a divulgação que no mês de Abril e Maio irão percorrer a freguesia recenseadores para a realização dos censos 2021. Os recenseadores serão 3 pessoas e estarão bem identificadas.

Também no dia 26 de fevereiro estive presente na Reunião de Assembleia Municipal der Viana do Castelo, onde foram discutidos e votados os assuntos levados pelo Executivo da Câmara Municipal.

Termino lembrando a obrigatoriedade da limpeza floresta. Se tiverem dúvidas quanto à localização das áreas obrigatórias, dirija-se à Junta de Freguesia.

Mensagens Anteriores

PREVENÇÃO (COVID-19)

Cartaz - Recomendações Gerais COVID-19